SEMANA DO MEIO AMBIENTE

Hoje (1 de junho) se inicia a Semana Nacional do Meio Ambiente (Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981). O objetivo era complementar a celebração ao Dia Mundial do Meio Ambiente instituído pela ONU durante a Conferência de Estocolmo, (Suécia) em junho de 1972.

A proposta desta data é chamar a atenção de governos e da população sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente. Mesmo sendo instituído a quase cinquenta anos o tema ainda é de extrema importância e deve ser discutido e trabalho para garantir melhor qualidade de vida, igualdade de oportunidade e a sobrevivência das gerações vindouras.

O Instituto Ensina partilha dessa preocupação desde a concepção dos logotipos de seus programas em que são representados por diversos estágios de crescimento das árvores. Um dos nossos valores é justamente a Responsabilidade Ambiental e Social, em que buscamos nos comprometer com parceiros que compartilham os ideais de preservação do meio ambiente. Num futuro próximo pretende-se que novos projetos voltados ao tema sejam trabalhados pelo Instituto já que devemos pensar em meio ambiente como algo que está ao nosso redor e não somente nas florestas e praias longe da realidade da maior parte da população da região.

As datas celebradas na Semana do Meio Ambiente são:

03 de junho: Dia Nacional da Educação Ambiental;

05 de junho: Dia da Ecologia, Dia Nacional da Reciclagem e Dia Mundial do Meio Ambiente.

CONHEÇA A ASSOCIAÇÃO CHÁCARA DAS FLORES


Conheça as organizações que receberão as doações da LiveShow @semeandoasolidariedade


A Chácara das Flores Eurípedes Barsanulfo atende desde 2009 crianças, adolescentes e jovens de 04 a 21 anos no Sítio Bela Vista, uma área de proteção aos mananciais na periferia de Mauá.
A instituição oferece atualmente atendimento a 238 crianças e adolescentes através de oficinas e grupos de convivência de Teatro, Conto, Bibliochacara (biblioteca infanto-juvenil), Dança, Hip Hop, Violão, Judô, Taekwondo, Aikido, Inglês, Formados para a Indústria (oficinas profissionalizantes) além da oficina de Artesanato para 10 mães.
Atualmente a Chácara das Flores atende 80 famílias que são mais vulneráveis e que foram afetadas diretamente pelos efeitos da pandemia com alimentos e itens de higiene e limpeza. Você também pode contribuir para que esses efeitos sejam minimizados. Doe através do site www.semeandoasolidariedade.com.br ou através do Delivery do Bem 99624-7326. Ligue e agende a entrega da sua doação, o Instituto Ensina vai até você!

DIA NACIONAL DE MOBILIZAÇÃO PELA PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

Você sabia que hoje, dia 06 de abril é comemorado o dia nacional de mobilização pela promoção da saúde e qualidade de vida? Hoje também é o dia da Educação Física.

O que você tem feito para melhorar a sua qualidade de vida nesses dias de quarentena? Nesse dia voltado à lembrar de nós mesmos listamos algumas dicas simples que podem ser valiosas na hora de espantar a preguiça e cuidar do corpo e da mente:

  1. Beba água: Ok, a primeira pode parecer clichê. Mas não existem milagres. Comprovadamente a hidratação é um fator importantíssimo na manutenção da saúde e qualidade de vida. Que tal encher uma garrafinha e medir o quanto você consome por dia? Não se esqueça, o ideal são dois litros por dia.
  2. Atividade Física: Olha mais um clichê aqui. Ou não. Já que as academias estão fechadas e as ruas e praças não são os lugares mais propícios para a pratica de caminhadas e outras atividades físicas, você pode treinar em casa. Levantamento de garfo não vale! Vale até levantamento de filhos, pacote de arroz, feijão… Há vários treinos on-line disponíveis nas redes sociais. Fazer essas atividades com as crianças pode garantir distração e gasto de energia para os pequenos e uma atividade prazerosa para você.
  3.  Durma bem: Você já ouviu que dormir 8 horas por dia é o ideal, mas já ouvi dizer que a higiene do sono faz a diferença para uma noite bem dormida? Desligue a TV, celular e outros aparelhos eletrônicos que emitem luz uma hora antes de deitar (difícil?). A frequência emitida por esses aparelhos podem “embaralhar” o cérebro prejudicando o momento em que o corpo se prepara para dormir.
  4. Boa alimentação: Você faz parte do grupo que tem certeza que saíra da quarentena acima do peso? Essa é outra dica conhecida por todos. Frutas, legumes e verduras frescas, água, carnes magras e nada de alimentos industrializados melhoram a nossa saúde e qualidade de vida. Mas, você sabia que castanhas de caju, do pará, amêndoas e nozes possuem baixo índice glicêmico e provocam sensação de saciedade?Nada de descontar o isolamento na comida!
  5. Fuja de alimentos ultraprocessados, congelados, com alto teor de gordura ou sódio além de cigarro e bebidas alcoólicas em excesso. Já está careca de saber disso, né? 
  6. Leia conteúdos de qualidade. Pode ser aquele livro que tá no fundo da gaveta ou empoeirando na estante. Um livro novo ou repetir uma leitura. Pode ser um PDF, um livro on-line pelo celular, tablete ou computador. Qualquer conteúdo que te entretenha ainda te ajuda a melhorar o vocabulário e agrega novos conhecimentos. Além disso tudo, livros de ficção, romances, fantasia ou suspense te levam para outros lugares sem sair de onde você está. Ótimo em momentos como esse, não?
  7. Ore, reze, medite. Vale qualquer coisa que te ligue com sua fé, independente de religião. Vale rezar o terço, orar com os irmãos via chamada de vídeo ou grupos no whatsapp, juntar a família e fazer o evangelho no lar, separar um cantinho em silencio e meditar, ensinar as crianças a conversar com o “Papai do Céu”. Fé sempre foi essencial nos momentos de dificuldades e aflições. Exerça a sua de onde você estiver.
  8. Desencalhe! Não, não me refiro a estado civil. Desencalhe o lixo acumulado no quintal, esqueça do corona e tire a agua parada (cuidado com a dengue). Desencalhe aquela gaveta atulhada, o armário com monte de potes de margarina (sabia que podem ser doados para OSCs que fazem sopa para pessoas em situação de rua?), as roupas que já não te servem, cobertores, o quartinho da bagunça, brinquedos que não usam mais, livros, equipamentos eletrônicos. A lista é grande. Tudo (ou boa parte) pode ser doado. Vale lembrar que em breve começarão as campanhas do agasalho, que tal já separar o moletom que já ficou curto. Dá até tempo de lavar e entregar cheirosinho!
  9. Estude! Já ter se formado não é desculpa para não estudar mais. Você pode aproveitar o tempo extra e turbinar o seu currículo. Algumas instituições renomadas oferecem nessa quarentena cursos on-line gratuitos. Confira no link. Ou estude outras coisas, vale de tudo: aulas de crochê com a vovó, aprender com a mãe como fazer aquele prato tradicional na família, artesanato com materiais recicláveis, jardinagem (vale plantar no vaso mesmo).
  10. Doe sangue! Os hemocentros estão com os cuidados dobrados. Um desses cuidados é ter aumentado a distancia entre os doadores. Além de fazer o bem, você ainda seu sangue testado para várias doenças.
  11. Programe sua próxima viagem! O turismo é um dos que mais sofreram com a pandemia. Você pode ajudar já programando sua viagem, pesquisando valores e destinos. Viajar é uma ótima maneira de promover a qualidade de vida. Quer melhor distração que essa?

E você tem mais alguma dica para passar o tempo nessa quarentena? Conte para a gente!

DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO

Para comemorar a data e conscientizar sobre o tema, a comunidade envolvida com a causa do autismo no Brasil criou a campanha “Respeito para todo o espectro” usando a hashtag #RESPECTRO nas redes sociais.
Mas, você sabe o que significa?
O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é caracterizado pelo déficit na comunicação social e/ou comportamento das pessoas portadoras da condição. Por existirem muitos subtipos de autismo, que se manifestam de maneira única em cada pessoa, é que se usa o termo “espectro”.

Respeito + espectro = #RESPECTRO

Ficou interessado na campanha? Quer saber mais sobre o TEA? Acesse https://www.revistaautismo.com.br/diamundial/