Outubro Rosa: O autoexame pode salvar vidas

Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros, mais lentos. O câncer de mama também acomete homens, cerca de 1% do total de casos da doença.

O Instituto Nacional do Câncer estima 66 mil novos casos da doença em 2020, chegando a mais de 17 mil óbitos. Entre os fatores de risco estão o sedentarismo, consumo de bebidas alcoólicas, obesidade e histórico familiar.

Na maioria dos casos, o câncer de mama pode ser percebido no inicio através dos seguintes sinais e sintomas:

  • Nódulo (caroço) fixo e geralmente indolor;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  • Alterações no mamilo (bico do peito);
  • Pequenos nódulos nas axilas ou pescoço;
  • Saída de líquido pelos mamilos.

Se diagnosticado no inicio as chances de cura chega a 95%, por isso o autoexame é tão importante.

Desde o início da pandemia mais de 50 mil brasileiros deixaram de ser diagnosticados com câncer. Segundo levantamento realizado em centros hospitalares que atendem pelo SUS nas principais capitais, a queda nos atendimentos de mulheres em tratamento, nos meses de março e abril esteve, em média, 75% abaixo, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Fique atenta à sua saúde. Caso note alguma alteração procure um médico imediatamente e não deixe de fazer seus exames preventivos.

Para mais informações acesse: www.sbmastologia.com.br ou  www.inca.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *